Saiba quais são as aplicações da rede MPLS

MPLS

Com o crescimento do número de usuários em redes de computadores, maior o número de aplicações utilizadas. Por isso, cada vez mais se vê a necessidade de uma plataforma multisserviços que atenda às demandas do público: esse é o MPLS!

Principal opção para tornar viável múltiplos serviços de rede numa infraestrutura compartilhada, o concentrador MPLS permite a concentração de serviços novos e antigos.

Contudo, há vantagens e desvantagens no MPLS. Prossiga com a leitura do artigo e veja mais sobre o MPLS da Cisco!

rede-mpls

O que é MPLS?

“Numa rede cada vez mais ágil para usuários, há uma demanda forte por múltiplos serviços baseados em redes de computadores, desse modo, o protocolo MPLS atende essa demanda!”

MPLS, ou Multiprotocol Label Switching, se trata de um protocolo de chaveamento de pacotes. Através dele, é possível o encaminhamento de etiquetas para identificação do roteador mais próximo.

Desse modo, há o melhor fluxo de envio para pacotes de dados. Visto dessa maneira, é possível definir o MPLS como um meio de transporte para arquivos de multimídia (vídeos, áudios, dados).

Seu objetivo é interligar diferentes tipos de redes de maneira eficiente, sendo uma das características do MPLS interligar roteadores IP. Alguns de seus serviços são:

Um pouco da história do concentrador MPLS

A tecnologia do MPLS é baseada em métodos de engenharia de tráfego que constantemente evoluíam desde os anos 90. No entanto, apenas agora passou a ser reconhecido seu potencial para criação de novos serviços nas redes.

Sua origem vem das redes orientadas a conexão, como as redes ATM. Muito se esperava que essas redes dominassem o mercado pela sua velocidade, mas acabou falhando por não ser compatível com o IP, o Internet Protocol.

Por isso, foi criada a tecnologia LBS, ou Label Based Switching, que combinava os pontos fortes de:

  • Redes baseadas em pacotes (IP);
  • Redes orientadas a conexão (ATM).

Esse foi o embrião para o protocolo MPLS, que surgiu para diminuir o processamento em equipamentos de rede e interligar de maneira eficiente diferentes redes.

Como funciona o MPLS?

Para entender as características do MPLS, é importante compreender como funciona o MPLS. Como dito antes, ele age através da adição de etiquetas aos pacotes de tráfego na entrada. Dessa forma, todos entram com esta etiqueta.

Com isso, os roteadores de rede MPLS são mais capacitados para decidir o encaminhamento mais adequado de acordo com o conteúdo das etiquetas. Dessa maneira, se evita o procedimento de pesquisa para roteamento tradicional.

Além da agilidade no roteamento, outra das características do MPLS é a criação de redes virtuais privadas, o VPN. Nisso, se destaca a segurança do MPLS, que assegura o isolamento completo do tráfego.

Por fim, traz o QoS, uma ferramenta que permite a diferenciação dos tipos de tráfegos, gerenciando-os de mais de uma maneira. Além disso, o QoS apresenta um sistema de prioridade para emprego dos pacotes de voz e multimídia.

Como o MPLS pode ser aplicado na rede?

  • Para mapear a rede IP privada do cliente para a rede pública. Isso permite a montagem de tabelas de roteamento virtual;
  • Para estabelecer circuitos virtuais ou túneis em uma rede IP;
  • Para interligar redes IP, Frame Relay e ATM.

O uso de roteador de rede

No roteamento de rede IP convencional, existe um processo longo de pesquisa de dados, com base em cabeçalhos e outras informações. Agora, com o MPLS, o pacote de dados já entra etiquetado, com o roteamento ocorrendo com base na etiqueta.

Para essa função, o MPLS da Cisco é eficiente no ASR 920, isto é, um aparelho compacto com alto rendimento e baixo consumo de energia. Desse modo, ele traz a segurança do MPLS e versatilidade para backhaul móvel, serviços comerciais e aplicativos residenciais.

Confira mais sobre o ASR 920!

Quais são as vantagens e desvantagens?

Para começar as vantagens, o MPLS traz uma melhor performance por possuir conexão dedicada dentro de um link. Além disso, carrega uma facilidade de implementação e uso, sem necessidade de configurações extras ou conhecimento especializado.

Por fim, há a segurança dele, pois este é menos vulnerável a ataques (um criminoso virtual precisa ter acesso físico à rede). Contudo, há duas desvantagens:

  • Requer todas as pontas de conexão na mesma infraestrutura da provedora;
  • Pode ser custosa a sua implementação.
servico-mpls

Conclusão

Com o crescimento das redes de computadores pelo mundo, mais se fez necessário a agregação de serviços , decerto, isso permite uma maior agilidade na transmissão de dados, o que se traduz em conexão mais rápida.

O MPLS é um serviço que existe para trazer mais agilidade às redes de computadores, portanto, é essencial possuir um bom roteador que execute esse serviço!